União de pescadores determina sucesso de pesca artesanal.

União de pescadores determina sucesso de pesca artesanal em Itaperuna

Projeto desenvolvido em parceria com Emater-Rio, Fiperj e Colônia Z-20 beneficia pescadores e o meio ambiente

Duas comunidades de Itaperuna foram escolhidas pelo alto grau de organização social, um dos principais critérios de seleção adotados pelo Rio Rural em projeto de pesca sustentável e preservação dos rios. A coordenadora de extensão da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj) e parceira do programa estadual Rio Rural no projeto, Maria de Fátima Valentim endossa o critério. ” A organização comunitária foi determinante. É um projeto-piloto, temos que trabalhar com pessoas que falem a mesma língua. E eles já sabem que, unidos, conseguem ir mais longe” , disse.

” Estamos perto de realizar um sonho que está sendo construído há muito tempo” , disse Virgimar Magalhães, presidente da Colônia de Pesca Z-20, sobre o anúncio da liberação de recursos para aquisição de Kits de apoio aos pescadores.

As ações e investimentos do programa estão beneficiando 62 moradores das comunidades Ponte Preta e Nossa Senhora da Penha, nas microbacias Córrego das Posses e Valão do Cedro. O objetivo é aumentar a capacidade produtiva desses dois grupos, promovendo o desenvolvimento sustentável.

A contrapartida do produtor é o cuidado com o meio ambiente. Entre as ações previstas nessa área, as comunidades construirão um “cemitério”, para armazenar os resíduos da pesca – restos de rede, barcos, entre outros, evitando assim o abandono desses materiais na natureza – e também já estão conscientes da importância da preservação das margens do rio.

A Colônia Z-20 comercializa o pescado para programas institucionais. Toda semana, eles entregam seis mil quilos de carpa para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). E a cada 15 dias, 1.300 quilos de filé de tilápia para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). E ainda contribui para abastecer o mercado do Rio de Janeiro, com mais de 4 mil quilos de pescado por mês.

Fonte: MyHabitat.me – http://myhabitat.me/sustentabilidade/1508/uniao-de-pescadores-determina-sucesso-de-pesca-artesanal-em-itaperuna/

Data publicação: 03/10/2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *